quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Preposição


Preposição é uma palavra invariável que liga dois elementos da oração, subordinando o segundo ao primeiro. Isso significa que a preposição é o termo que liga substantivo a substantivo, verbo a substantivo, substantivo a verbo, adjetivo a substantivo, advérbio a substantivo, etc. Só não pode ligar verbo a verbo: o termo que liga dois verbos (e suas orações) é a conjunção. Junto com as posposições e as raríssimas circumposições, as preposições formam o grupo das adposições.

Essenciais

Aquelas que só funcionam como preposição, são elas:
  • a, contei um segredo a ele...
  • ante,
  • após, após a guerra...
  • até, até amanhã...
  • com,
  • contra,os indios.
  • de,
  • desde, Desde o dia em que eu te conheci...
  • em,
  • entre,
  • para,
  • perante,
  • por,
  • sem,
  • sob,
  • sobre,
  • trás,

 Acidentais

Aquelas que passaram a ser preposições, mas são provenientes de outras classes gramaticais, como:
  • durante,
  • afora,
  • menos,
  • salvo,
  • conforme,
  • exceto,
  • como,
  • que...
Exemplos:
  • Agimos conforme a atitude deles.
  • Conversamos muito durante a viagem.
  • Obtiveram como resposta um bilhete.
  • Ele terá que fazer o trabalho.
  • Conversamos pouco durante a viagem .

 Locução prepositiva

As locuções prepositivas são duas ou mais palavras que funcionam solidariamente como preposições. Sempre que há uma locução prepositiva, a segunda palavra do conjunto por si só é uma preposição. Existe uma infinidade de locuções prepositivas, segue alguns exemplos: graças a; para com; dentro de; em frente a; perto de; por entre; de acordo com; em vez de; apesar de; a respeito de; junto de; por cima de; acerca de; a fim de; apesar de; através de; em cima de; em vez de; à procura de; à busca de; à distância de; além de; antes de; depois de; à maneira de; junto a dois verbos; a par de; entre outras.
As locuções prepositivas têm sempre como último componente uma preposição.

 Contração

Junção de algumas preposições com outras palavras, quando a preposição sofre redução.
Ex. do (de + o); neste (em + este); à (a + a); duma (de + uma)
Observação: Não se deve contrair a preposição "de" com o artigo que inicia o sujeito de um verbo, nem com o pronome "ele(s)", "ela(s)", quando estes funcionarem como sujeito de um verbo. Por exemplo, a frase "Isso não depende do professor querer" está errada, pois professor funciona como sujeito do verbo querer. Portanto a frase deve ser "Isso não depende de o professor querer" ou "Isso não depende de ele querer".